A gestação

Meu marido foi o primeiro a saber que eu estava grávida, ele me disse que eu estava diferente, com alterações de humor, que estava agindo "estranha" (essa foi a palavra que ele usou rs), eu por outro lado não achava isso e também não queria fazer o teste, as tentantes que estão lendo isso me entenderam, é um grande desapontamento ver um negativo mesmo que seja o seu primeiro, você sempre irá se perguntar quando será a sua hora. Eu enrolei, quando saímos para comprar o teste e voltamos para casa eu fingi que tinha esquecido no carro, mas não teve jeito, eu fiz e dei pra ele ver o resultado, e pra minha grande surpresa ali estava a resposta que mudaria pra sempre nossas vidas, foi emocionante, enfim Deus determinou o meu tempo.

Mesmo com o resultado de positivo eu não conseguia acreditar, a ficha não tinha caído, então naquele mesmo final de semana eu fui fazer um ultrassom e vi o saco gestacional era tão pequeno que não conseguimos nem ao menos ver o cordão umbilical. Ali tudo mudou, eu estava grávida, estava a espera de ser mãe pela primeira vez.


A cada mês pra mim era uma descoberta, uma novidade, num dia as calças não fechavam mais, a barriga ia aparecendo, um sentimento que crescia dentro de mim, era amor, era alegria e medo, com o tempo ele passou a me ouvir e a responder, eu sonhava com ele, sonhava com nossa família, arrumava as suas roupas e o imaginava vestido nelas, como um serzinho poderia me mudar por inteira, ele ia crescendo e ate meu coração mudou pra ele caber ali, ali bem dentro de mim estava alguém que eu nunca vi, nunca ouvi, nunca peguei, mas era meu, meu filho.





Mas com o tempo eu já não me via quando me olhava no espelho, com tantas mudanças no corpo e na mente quem seria eu agora?. As pessoas me elogiavam diziam que eu estava linda, que estava reluzente de tanta alegria, e realmente eu estava feliz mas não me via linda como me diziam, na verdade me sentia uma bola com pernas rs. As muitas questões que me fiz na gestação eu só pude responde-las agora, quando lembro posso entender que eu ainda não era mãe, eu estava me tornando uma, como disse em meu post anterior, gerar requer tempo, a gestação me levou ao extremo sobre oque poderia sentir e ser, ainda me sinto um pouco perdida sem saber quem sou como mãe, mas sei também que não conseguirei responder essas questões agora.



28 visualizações
  • Instagram
  • Instagram
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black Twitter Icon

© 2023 by Bump & Beyond. Proudly created with Wix.com

  • Preto Ícone Twitter
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Pinterest Icon